terça-feira, 24 de abril de 2018

A Turma do Arrepio

     Olá a todos que acompanham o blog, sejam bem vindos a mais uma postagem. O tema de hoje é para os saudosistas de plantão e pra galera que foi criança no começo da década de 1990, vou relembrar um dos gibis mais bacanas daquela época: A Turma do Arrepio.


arrepiando a garotada.

     Entre o final dos anos 80 e começo da década de 90, as bancas de jornais viviam lotadas de revistas em quadrinhos, sejam com histórias de super-heróis, passando pelas revistas de terror além das revistas infantis, muitas delas produzidas no Brasil como: Turma da Mônica, Patricia, Gordo & cia, Trapalhões, Chaves, Chapolim, além de revistas de artistas que faziam sucesso na televisão como: Xuxa, Angélica, Sérgio Malandro, Faustão, Gugu e até Leandro e Leonardo.




variedade pra criançada

    No ano de 1989, o desenhista, roteirista e designer de animação Cesar Sandoval decidiu unir personagens de terror com histórias infantis, dessa ideia maluca surgiu a Turma do Arrepio.

o criador da turma

    Para quem não está ligando o nome a pessoa, Cesar Sandoval foi o criador da versão infantil dos Trapalhões, um dos maiores sucessos dos quadrinhos nacionais.

QUEM É A TURMA DO ARREPIO?

    A Turma do Arrepio, são crianças descendentes dos monstros clássicos como Drácula, Frankestein, Lobisomem, a Múmia e até uma Bruxa, o grupo vive em um antigo edifício chamado Condomínio do Arrepio.

o lugar onde se passam as histórias

       A Turma do Arrepio é formada por:

DRAKY:


    É o líder da turma, de origem nobre, é o neto mais novo do Conde Drácula, extremamente inteligente é ele quem resolve os problemas da turma. Draky morre de medo de dentista pois não costuma escovar os dentes; Possui uma grande coleção de óculos escuros para poder andar durante o dia e além disso ele é vegetariano. 

STEIN:


    Foi construído pelo próprio Dr. Frankestein, é muito forte o que acaba causando alguns acidentes. Muito inteligente vive inventando diversas coisas mirabolantes, além disso adora consertar tudo do seu jeito mesmo que não esteja quebrado.

MEDÉIA:



    É  a única menina da turma, filha de uma grande bruxa, porém raramente acerta seus feitiços, o que acaba sempre resultando em muita encrenca para a turma resolver. Além disso tem um temperamento muito forte e sempre acaba gritando com os colegas, mas no fundo ela ama todos eles.

LUBY:


      É o caçula da turma, um filhote de lobisomem que adora correr atrás dos carteiros, tem medo de voltar a ser humano e não ser aceito pela turma.

TUTY:


    É uma pequena múmia, descendente de um faraó do antigo Egito, por mais estranho que possa parecer, ele tem mania de limpeza pois é alérgico a pó.

   Além da Turma do Arrepio, os outros personagens que circulam pelo Condomínio do Arrepio são:

BELFEDO:


     É o morcego de estimação do Draky. Gosta de pregar peças na turma e adora chamar o Draky de "primo", coisa que ele odeia. 

DRAGMAR:


   É o dragão de estimação da Medéia. Na verdade, é uma fêmea rosa, que cospe fogo e usa um vestido de bailarina.

EPITÁFIO:


     É o porteiro do prédio, ele é um velho zumbi, extremamente paciente, mas que vive caindo nas brincadeiras da turma.

SEU DOROTEU:


    É o único humano  e síndico do Condomínio do Arrepio, vive de mau humor por causa das confusões da turma.

 O SUCESSO DA TURMA:

      A Turma do Arrepio foi um sucesso imediato, graças aos roteiros engraçados, rápidos e com piadas inteligentes. 

piadas rápidas

      No período em que foi publicada pela editora Globo, a turminha estrelou 43 edições mensais entre  1989 e 1993 além de 1 almanaque e 8 "gibizinhos".



o sucesso da turminha

      Além das revistas, a Turma do Arrepio estampou embalagens de iogurtes, chicletes, álbuns de figurinhas e até materiais escolares.

O CANCELAMENTO:

     No ano de 1993, o mercado de histórias em quadrinhos no Brasil entrou em recessão, nem mesmo a poderosa editora Abril escapou da crise, sendo obrigada a criar uma tabela semanal de preços e diminuir o número de páginas de várias revistas de super-heróis por causa da inflação.

o aviso da famigerada tabela semanal

      Essa crise generalizada fez com que diversas editoras cancelarem vários títulos e a Turma do Arrepio estava entre eles. A série em quadrinhos encerrou sua carreira após 43 edições.

o último número

     Quando aprecia que a turminha ia cair no esquecimento, ela voltou anos depois, agora na televisão.

A SÉRIE PARA A TELEVISÃO:

     No ano de 1997, estreou pela extinta rede Manchete a série da Turma do Arrepio,com atores de carne e osso ao invés de uma animação. A série era bem produzida e os personagens bastante fieis aos quadrinhos.

o primeiro elenco

       O seriado exibido na Rede Manchete, que na época estava em sua maior crise financeira, mas mesmo assim a série chegou a marcar 5 pontos de audiência, um feito e tanto para uma emissora que estava mal das pernas. Curiosamente a série teve dois elencos completamente  diferentes, sem qualquer explicação, o primeiro elenco foi todo substituído por um novo, além disso todos os personagens tiveram mudanças enormes em seus figurinos, que não lembravam em nada a versão dos quadrinhos. 

uma rara imagem do segundo elenco

    A série saiu do ar depois de 1 ano e 3 meses de exibição devido a crise financeira da Manchete que havia se agravado ainda mais.

MAIS UMA CHANCE:

      A Turma do arrepio teve uma segunda chance nos quadrinhos, dessa vez a revista saiu pela editora As Américas entre os anos de 2009 e 2010.


eram epenas republicações

    Apesar da boa vontade, as revistas traziam apenas republicações das histórias antigas, devido a isso e a falta de periodicidade, o título teve vida curta, durando apenas 8 edições.

   Atualmente a Turma do Arrepio aparece em peças, musicais infantis e teatros de marionetes encantando as novas gerações.


shows de marionetes

    Bem é isso ai pessoal, espero que tenham gostado de conhecer ou relembrar essa turminha que chegou sem avisar e marcou toda uma geração de fãs, em breve irei falar sobre outros gibis infantis, até a próxima.



Um comentário:

  1. Eu nem lembrava que teve um programa de Tv, e olhe que eu tinha várias edições dos quadrinhos.

    ResponderExcluir